Visões do Mundo Contemporâneo IV: Combates Pela História

Apresentação


O IV Seminário Visões do Mundo Contemporâneo: Combates pela História deu continuidade à proposta iniciada em 2011, quando ocorreu a primeira edição do Seminário Visões do Mundo Contemporâneo, com a temática da Segunda Guerra Mundial. Criado com o objetivo de atender as necessidades profissionais e acadêmicas dos participantes, bem como dar maior projeção às pesquisas realizadas em Sergipe nas áreas de História e afins, o evento foi um grande sucesso. Diante dos seus positivos resultados, evidenciados na ampla participação de alunos e professores em Simpósios Temáticos para a divulgação de pesquisas, nos significativos debates sobre os rumos da investigação e da produção de conhecimento no Brasil proporcionados pelas mesas-redondas e conferências, o Visões do Mundo Contemporâneo firmou-se como uma atividade de excelência.

No ano de 2020, a quarta edição do Simpósio passou por alterações significativas em sua forma de realização, sendo feita de modo inteiramente remoto e online. As palestras e mesas-redondas foram transmitidas ao vivo através do canal do Grupo de Estudos do Tempo presente no YouTube, ao passo que as interações entre os apresentadores de trabalho deram-se por meio da leitura de textos e trocas de comentários no site http://visoes.getempo.org/. Tais mudanças objetivaram atender as demandas do mundo em meio à pandemia de Covid-19, assim declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em março de 2020, que impossibilitou as reuniões e aglomerações de pessoas.

A temática escolhida se propôs a realizar uma simbiose entre o “fazer do historiador”, pensando a história enquanto ciência, e a noção de história relacionada aos conflitos que permeiam o tempo presente. Nos últimos anos, assistimos à ascensão de governos de extrema-direita, de movimentos conservadores e do sentimento de fragilidade das instituições democráticas.

Por outro lado, populações foram às ruas defender a democracia e o direito à saúde, e protestar contra as desigualdades sociais e o racismo. No Chile, os protestos iniciados em 2019 contra o aumento das tarifas de ônibus trouxeram à tona a situação de desamparo social vivido no país e, para além isso, derrubaram a constituição em voga desde a ditadura de Augusto Pinochet. Já o assassinato brutal do afro-americano George Floyd por policiais brancos em Minneapolis gerou inúmeras passeatas contra o racismo e pelo fim da violência policial nos Estados Unidos, além de auxiliar na derrota de Donald Trump nas eleições norte-americanas em novembro de 2020.

No Brasil, as ruas se tornaram palco de combate entre apoiadores e opositores do presidente Jair Bolsonaro, que defende uma pauta alinhada às ideias da extrema-direita. Assim, baseado nesse contexto, a proposta do evento foi mostrar também que as guerras e os combates não acontecem apenas na linha de frente dos campos de batalha.

O IV Seminário Visões do Mundo Contemporâneo: Combates pela História foi promovido pelo Grupo de Estudos do Tempo Presente (GET/UFS/CNPq) em parceria com o Departamento de História (DHI) e o Mestrado Profissional em História – PROFHISTÓRIA da Universidade Federal de Sergipe, além do Programa de Pós-Graduação em História Comparada da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHC/UFRJ). Com abrangência nacional, congregou pesquisadores de dezenove estados brasileiros e de diferentes instituições, tais quais: Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Osvaldo Cruz, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Universidade Federal Grande do Norte (UFRN), Universidade do Estado de Pernambuco (UPE), Universidade de Luxemburgo, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) entre outras.

Prof.ª Dr.ª Andreza Santos Cruz Maynard
Prof. Dr. Dilton Cândido S. Maynard

Coordenadores do “IV Seminário Visões do Mundo Contemporâneo: Combates pela História”
Grupo de Estudos do Tempo Presente
Rede Tempo Presente – Brasil


Programação

DIA 13 DE OUTUBRO (Terça-feira)
No primeiro dia do evento ocorreu o Início das interações entre os autores através do site http://visoes.getempo.org/ e a palestra de abertura com o Prof. Dr. Francisco Carlos Teixeira da Silva que ocorreu das 20h às 22h e contou com a mediação da Prof.ª Dr.ª Andreza Maynard (GET/CODAP/PROFHISTÓRIA/UFS).


DIA 14 DE OUTUBRO (Quarta-feira)
No segundo dia do evento tivemos a realização da Mesa Redonda 01: Desafios para a pesquisa histórica em meio à pandemia – arquivos digitais, história e tecnologia – que aconteceu das 20h às 22h. Ela contou com os professores convidados a Prof.ª Drª. Anitta Lucchesi (Universidade de Luxemburgo) e o Prof. Dr. Thiago Lima Nicodemo (UNICAMP) e contou com a mediação do Prof. Dr. Dilton Cândido Santos Maynard (GET/PROGRAD/UFS/PPGHC/UFRJ)

DIA 15 DE OUTUBRO (Quinta-feira)
No terceiro e último dia do evento houve a realização de videoconferência entre os coordenadores dos simpósios temáticos e os apresentadores – a partir das 15h e também aconteceu a Mesa redonda 02: O racismo e os movimentos de resistência em perspectiva histórica – das 20h às 22h. Nela estiveram presente os professores convidados Prof. Dr. Rafael Araujo (UERJ) e o Prof. Dr. Wallace dos Santos de Moraes (UFRJ). A mesa contou com a mediação da Prof.ª Ma. Raquel Anne Lima de Assis (GET/UFS/PPGHC/UFRJ/IM/UFRRJ)
Ao término do dia teve fim as interações entre os apresentadores de trabalho.


Caderno de Resumos e Anais Eletrônicos

Aqui no site do Grupo de Estudos do Tempo Presente nós também disponibilizamos o Caderno de Resumos e os Anais Eletrônicos do evento. Para acessá-los basta clicar no link disponibilizado abaixo ou acessar o campo disponível nosso site para ter acesso aos Cadernos de Resumos e Anais Eletrônicos de todas as edições do Seminário Visões do Mundo Contemporâneo.